Relacionamento

As causas mais comuns de divórcio: 5 coisas que os cônjuges não podem perdoar uns aos outros


O divórcio pode ser para alguém um final real em uma vida feliz. E embora o mundo não entre em colapso, será muito, muito difícil restaurar os nervos gastos. Quais são as causas mais frequentes de divórcios e o que fazer para evitá-las?

As causas mais comuns de divórcio

Quais são as razões pelas quais as pessoas são estatisticamente divorciadas com mais frequência?

Marido mudou / esposa mudou

Traição - a mais dolorosa de todas as traições, que quase nunca é perdoada. Entre as razões para o divórcio segundo as estatísticas, não é nem o primeiro lugar, mas um dos mais frequentes.

Cosmovisão diferente

Quando os cônjuges olham o mundo de maneiras completamente diferentes, é muito difícil construir relacionamentos harmoniosos. Se, algum tempo depois do casamento, o marido e a mulher perceberem que não concordam com o ponto principal, dificilmente durarão muito juntos.

Incompatibilidade de caracteres

Nem sempre é possível entender imediatamente que as pessoas não se encaixam. Como regra geral, no processo de convivência, o marido não pode suportar o desejo categórico de limpeza da esposa, e a esposa pode aceitar o fato de que o marido sai por uma hora e retorna de manhã porque acidentalmente encontrou um amigo e esqueceu que sua esposa estava esperando por ele.

Problemas com parentes

Às vezes, pessoas de fora se envolvem e as coisas não estão indo conforme o planejado. Assim, parentes de uma esposa ou marido já destruíram algumas famílias. Em segundo lugar estão os amigos, que muitas vezes também querem participar.

Outras dificuldades

O nascimento de uma criança, a depressão de um marido ou esposa, problemas financeiros e falta de trabalho, assim como o álcool ou qualquer outro vício, também podem afetar a decisão de se divorciar.

Como o parto afeta o divórcio

É interessante que muitos casais se divorciem justamente após este evento alegre, que, de uma maneira amigável, deve reuni-los. No entanto, com o passar do tempo, há muitos recursos desagradáveis. A esposa começa a se cansar e, em geral, a expectativa da maternidade costuma ser bastante alta. O marido tenta salvar-se das dificuldades associadas à criança ou mergulha no processo de ganhar dinheiro. As relações em um casal deterioram-se gradualmente e torna-se muito mais difícil interagir.

Para evitar isso, vale a pena considerar vários fatores:

  • Pegue um bebê quando estiver pronto para isso.
  • Distribuir deveres.
  • Lembre-se de que uma criança é uma bênção, não um fardo. Se você se preocupa com ele corretamente, você será apenas em alegria.

As pessoas podem se divorciar após 10 anos de casamento?

Infelizmente, as pessoas podem se divorciar, mesmo morando juntas por muito tempo. No entanto, do ponto de vista dos psicólogos, esta decisão pode ser chamada bastante correta. Por um lado, o desejo de não ser deixado sozinho na velhice pode ter uma razão, no entanto, ficar com uma pessoa com quem você é difícil viver, só porque você está junto há muito tempo, você simplesmente se priva de qualquer chance. que você encontrará seu amor e com quem você será realmente confortável.

Isto é especialmente verdadeiro para as mulheres que permanecem com tiranos masculinos, ou viciados em álcool, por pena. Vale a pena pensar em si mesmo.